16 de julho de 2012

Duas Santas

Imagem: Internet

Quando eu era bem pequeno,
Via minha mãe rezar,
Confesso que era uma santa
A outra santa implorar.

Sua fé era tanta
Que dava para acreditar,
Ser uma santa na terra
Aos pés da santa do altar.

A Salve-Rainha a rezar,
Seus lábios me ensinaram
A Maria venerar.

Hoje eu tenho duas santas a rezar,
Minha santa mãe no céu
E a virgem santa do altar.

Dr. Sebastião Palmeira/Maceió-AL

Sebastião José Palmeira é advogado criminalista, Procurador de Estado, especialista em Direito Penal, professor de criminologia, membro da Academia Maceioense de Letras e diretor-geral da Seune-AL.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *