3 de maio de 2018

Arnold Sports Festival South America – Competições agitaram São Paulo.

Um verdadeiro time de musas agitou as competições na Arnold Sports Festival South America. Categoria Wellness Fitness. Foto: Alexandre Campos.

 

Até “Tiradentes” passou na feira para olhar as beldades.

O dia 21 de abril fez muito marmanjo parar e assistir as finais dos campeonatos fitness e de fisioculturismo feminino, é claro!

Os principais atletas profissionais do Arnold Sports Festival South America, muitos deles vindos do exterior, se concentram nas competições de Strongman e Bodybuilding Pro Show. A favorita Angela Borges levou o título da categoria Wellness e formou a dobradinha brasileira com o campeão do BB Pro, Fabrício Moreiro. Os estrangeiros conquistaram o primeiro lugar no Bikini Fitness, com a lituana Kristina Narbutaityte e o Mens Phisique, com o russo Alexander lavreev. O Arnold Strongman League também foi para a Rússia, com Mikhail Shivlyakov.

Angela Borges levou o título da categoria Wellness. Foto: Alexandre Campos.

 

Finalistas na categoria Bikini Fitness Foto: Alexandre Campos.

 

Bikini Fitness: A lituana Kristina Narbutaityte tirou  primeiro lugar.

Categoria Men´s Physique. Foto: Alexandre Campos.

 

Mens Phisique: Vencedor o russo Alexander Lavreev.

Bodybulding Pro. Foto: Alexandre Campos.

O campeão do BB Pro, Fabrício Moreiro. Foto: Alexandre Campos.

Os campeões da noite. Foto: Alexandre Campos.

Futebol Freestyle.

Atleta equilibra a bola na cabeça. Neste tipo de modalidade, oquê vale é a criatividade. Foto: Alexandre Campos.

Vale tudo: Salto mortal, segurar a bola na nuca e muito mais. Foto: Alexandre Campos.

O Arnold Strongman League foi para a Rússia, com Mikhail Shivlyakov. Foto: Alexandre Campos.

 

 

Outros esportes:

Lutas – Primeiro evento aberto do País com chancela PKF (Panamerican Karate Federation), o Open Internacional de Karate Arnold Sports Festival South America faz parte do Circuito e Ranking da CBK (Confederação Brasileira de Karate) e deu a oportunidade aos atletas nacionais de pontuar no ranking. A competição reuniu atletas desde a categoria sub-12 até a máster. Já o V Arnold Sports Festival South America Wushu Sanda Championship classificou os atletas que irão compor a seleção brasileira, representando o Brasil nos campeonatos Mundial e Pan-Americano.

O ‘cardápio’ de modalidades do Arnold Sports Festival South America sempre é eclético, com opções olímpicas e não olímpicas, e também contou com disputas de videogame, cheerleaders, luta de braço, MMT, powerlifiting, calistenia (street workout), cubo mágico, jump rope (pular corda), xadrez, capoeira, MMA, jiu-jitsu, judô, kickboxing, Mas wrestling (luta russa), sambô (mix de lutas originário da antiga União Soviética), entre outras. A edição 2018 marcou a estreia da corrida de rua no evento paulistano. A Arnold Run reuniu mais de 1.500 pessoas na manhã de domingo (22) para uma prova de 8 km pelas ruas e avenidas da capital paulista.

A Arena Inclusão é outra tradição no Arnold Sports Festival South America. Em 2018, uma das novidades foi a Capoeira da AACD. O espaço é  destinado a proporcionar a valorização do esporte Paralímpico. Além da capoeira, contou também com tênis de mesa, futebol de amputados, futebol de 7 (atletas com paralisia cerebral), futebol de 5 (atletas com deficiência visual) e futebol de Down.
Informação: ZDL.

Mais informações:

site oficial : http://arnoldsportssouthamerica.com.br/pt-br/
fan page: https://www.facebook.com/arnoldsportsouthamerica/?ref=br_rs
Instragam : https://www.instagram.com/arnoldsportsouthamerica/

 

 

 

 

 

 

Alexandre Campos - Rio de Janeiro/RJ

Espetáculos Carioca, Jornalista, repórter fotográfico. Formado em Comunicação Social/ Publicidade e Propaganda pela Universidade Estácio de Sá/Niterói RJ, Faz parte do quadro de associados da MBA - Mídia Brasil Associados.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *