15 de outubro de 2010

Teatro Deodoro abre as cortinas

Após três anos de restauração, o Teatro Deodoro, entra em cena. A reforma teve como principais pontos o resgate de seus traços originais, conforto, modernização e segurança, já que o local estava comprometido e ameaçava colocar em risco a vida de freqüentadores e funcionários.

Esta já é tida como a maior e mais completa reforma do teatro nos seus quase 100 anos, justamente pela proposta de restaurar seus traços originais. “Resgatamos ao máximo as cores da inauguração do teatro. O teto, que estava com as cores preta e o dourado, voltou ao bege e rosa claro do início. Recuperamos sua originalidade absoluta”, disse o diretor da Diteal, Juarez Gomes de Barros. O investimento feito com recursos próprios, foi um dos maiores do Estado, custando R$2,5 milhões.

A festa de reabertura, realizada no dia da Emancipação Política de Alagoas, foi restrita apenas para convidados e teve a apresentação dos músicos Nelson Ayres e Renato Braz, além do A La Sax Quarteto, dirigido pelo maestro Almir Medeiros.