07 / 02 / 22

Dr. David Gusmão dá 3 dicas de como identificar se uma dor é preocupante

 

Dr. David Gusmão dá 3 dicas de como   identificar se uma dor é preocupante

Dr. David Gusmão

As dores são uma forma de comunicação dentro de nosso corpo, elas servem para demonstrar que algo está fora de equilíbrio e que precisa ser investigado. Mas, como saber se uma dor é preocupante? O Dr. David Gusmão, médico ortopedista especialista em quadril, dá algumas dicas que podem ser fundamentais antes de buscar ajuda profissional.

Conheça as recomendações do ortopedista:

  1. Não justifique as dores, esteja sempre atento

Para quem é atleta ou pratica esportes com frequência, ao sentir uma dor pode entendê-la como excesso de exercícios, uma sobrecarga. Porém, cuidado: dores articulares e nervosas podem parecer muito com uma dor muscular. Por isso, dê uma atenção especial para dores recorrentes em um mesmo local, que retornem sempre após realizar certa atividade, e também para dores que persistem por mais de duas semanas.

  1. Observe quais movimentos estão gerando desconforto

Uma maneira de diferenciar se a dor presente é muscular ou articular é observar qual é o movimento ou tipo de atividade que está gerando esse desconforto, a partir daí é possível consultar um profissional que com esse direcionamento pode determinar se a dor é ou não causada por uma limitação de movimento nas articulações.

  1. O que está doendo pode não ser o problema, mas um reflexo dele

Também é comum que a limitação de movimento em uma articulação sobrecarregue as demais, causando dores. Por exemplo, se a articulação do quadril tem seu movimento diminuído, as articulações próximas, como da coluna e dos joelhos, tentam suprir essa falta de movimento e rigidez, ocasionando dores que são um reflexo desse esforço e carga extra nessas regiões. Sendo assim, sua dor na coluna pode na verdade ser reflexo de problemas do quadril.

Por isso, o Dr. David Gusmão recomenda que em caso de dores persistentes por mais de duas semanas ou qualquer sensação de limitação na área do quadril, busque um profissional capacitado para análise e recomendação de cada caso.

Mais dicas e informações podem ser obtidas pelas redes sociais do Dr. David Gusmão, como o Instagram @davidgusmao e o canal do Youtube https://www.youtube.com/user/davidgusmao.

Dr. David Gusmão dá 3 dicas de como identificar se uma dor é preocupante
fonte: Rovella & Schultz Boutique Press – Luiza Rubio

Gigi Accioly

Holofote @gigiaccioly - Jornalista (MTB 1468AL), colunista social do Jornal Primeira Edição (impresso/online), editora-chefe e colunista da Revista Evidência Cosmopolita (AL), Colunista da revista evidencia.com (EVDCIA on line); ex-apresentadora de TV, "Programa Gente em Evidência" exibido pela TV EVDCIA, TV Alagoas (SBT) e TV Mar; publicitária. Membro da ALANE/AL - Academia de Letras e Artes do Nordeste Brasileiro (Núcleo Alagoas); Comendadora (Comenda Professor Doutor Sebastião Palmeira (instituída pela Academia Maceioense de Letras). Diretora de planejamento da Tehron - Núcleo de Comunicação; assessora de imprensa e marketing, cerimonialista e mestre de cerimônias. Diretora de comunicação social da Soamar/AL. - Sociedade Amigos da Marinha de Alagoas; Diretora Regional em Alagoas da MBA - Mídia Brasil Associados; associada à FEBRACOS – Federação Brasileira de Colunistas Sociais. Colunista do extinto portal Ciro Batelli – Unique Style (SP e Las Vegas).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *