08 / 02 / 22

Por que o Futuro é sempre representado por tecnologia?

Análise

- Por que o Futuro é sempre representado por tecnologia?

Por Cesar Romão 

Há muito tempo toda vez que se falava e se fala em Futuro a tecnologia é mencionada de forma única e explícita.

- Por que o Futuro é sempre representado por tecnologia?

Foto – divulgação

Em 1968 o filme 2001 Uma Odisseia no Espaço, produzido e dirigido por Stanley Kubrick e co-escrito por Kubrick e Arthur C. Clarke, assim como em tantos outros filmes, séries e desenhos animados, o Futuro se apresenta sempre representado pela evolução da tecnologia.

Em feiras mundiais como a Consumer Electronics Show – CES entre outras, o tema é sempre falar do Futuro com abordagens em tecnologia.

Se continuarmos a definir o Futuro com bases em princípios tecnológicos vamos continuar a “embalsamar” as virtudes humanas que nos trouxeram até aqui neste momento.

Estamos numa esfera de pensamento e conduta que se não houver tecnologia em determinada função ela passa a não existir, estamos enviando “emojis” no lugar de nossos reais sentimentos e emoções, estamos fotografando tudo ao invés de sentir a emoção do nosso entorno, achando que isto é evolução.

A tecnologia como protagonista de Futuro pode ser uma grande ilusão, e beira uma mentira secular.

Estamos evoluídos com base nela, mas algumas coisas ainda são as mesmas:

– o mundo ainda tem muito egoísmo, maldade, falsidade, descrença, hipocrisia sede de poder e falta de esperança;

– guerras ainda despontam como se fossem uma novidade deste século;

– a fome ainda toma a vida de muitas pessoas;

– diversas doenças ainda não possuem cura;

– hospitais ainda esgotam seus leitos;

– escolas ainda disputam vagas;

– a política está cada dia mais decadente;

– a intolerância e impaciência crescem de forma estúpida;

– famílias estão sendo destruídas por fatores surreais;

– as religiões estão dividindo as pessoas ao invés de uni-las;

– os interesses pessoais estão acima dos sociais;

– tem gente que pensa estar no Futuro por usar um celular de última geração…

Talvez se a prioridade de projetar o Futuro incluísse a evolução humanizada e espiritualizada das pessoas, haveria mais chance de uma geração promissora com a verdadeira missão que temos aqui neste planeta.

Ser Futurista é preservar os valores de uma humanidade em coexistência sobre todos os aspectos e não ser consumista de tecnologias ilusórias ao nosso real desenvolvimento interior.

Esta inversão de posição precisa acontecer, em primeiro lugar tem de vir à evolução humana como seres únicos e a tecnologia tem ser uma ferramenta para tal e não uma teoria escravagista que nos aliena de tudo e de todos.

Quer garantir seu Futuro: abrace as pessoas que ama, respeite seu semelhante, fortaleça sua família, faça o bem, pratique o civismo, siga os preceitos de sua religião e assim a felicidade um dia vem e o real Futuro também.

Cesar Romão

Palestrante – Escritor – Jornalista

Presidente do Conselho de Presidentes da Associação Paulista de Imprensa API

www.cesarromao.com.br

João Costa

Jornalista, articulista e Influencer do Instituto Palavra Aberta, Assessor Especial de Imprensa e articulista do Observatório da Comunicação Institucional (O.C.I) e Membro da API (Associação Paulista de Imprensa). Prêmio Ibero – Americano de Jornalismo de 2019/20, Referência em Comunicação pela Agência Nacional de Cultura, Empreendedorismo e Comunicação – ANCEC, reconhecimento por Direitos Humanos e Menção honrosa do Lions Clube Internacional - Rio do janeiro. Colunista, Blogueiro e Comunicador. Colunista de diversos veículos em todo o Brasil. Foi colunista da "Rede de Escritores de Língua Castelhana", e do Diário de notícias: Vila Nova Familicao em Braga - Portugal. Possuí sólidos conhecimentos na produção, revisão e edição de textos, ativista dos direitos humanos, estudioso sobre afrodescendência, e combativo à desigualdade social. Participação em eventos da embaixada do Gabão no Brasil, tendo inclusive sido intérprete de discurso a convite do Embaixador do Gabão no Brasil, em jantar beneficente, com a presença do Vice-presidente da república federativa do Brasil. Participação em workshops, webinars, congressos e conferências.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *