Close

Blog

Geoberto Espírito Santo

SinergiaGeoberto Espírito Santo é Engenheiro Civil, formado em 1971 pela Universidade Federal de Alagoas. Atualmente é Consultor do SINDENERGIA – Sindicato das Indústrias de Energia do Estado de Alagoas e Personal Energy da GES Consultoria, Engenharia e Serviços – GES Consult ATIVIDADES QUE EXERCEU: - Engenheiro da Companhia Energética de Alagoas (CEAL), por 28 anos - Diretor de Operação da Companhia de Eletricidade de Alagoas - CEAL - Secretário de Administração da Prefeitura Municipal de Maceió - Assessor de Coordenação e Planejamento da Empresa de Recursos Naturais do Estado de Alagoas - EDRN - Chefe de Gabinete da Diretoria de Desenvolvimento Energético da CEAL - Assessor da Subcomissão de Minas e Energia do Senado Federal - Diretor de Distribuição e Comercialização da Companhia Energética de Alagoas - CEAL - Consultor em eficiência energética do PNUD / ELETROBRÁS - Secretário Executivo do Núcleo de Eficiência Energética na Indústria (NEEI / FIEA) - Secretário Executivo do Conselho Estadual de Política Energética de Alagoas - CEPE - Secretário de Estado Adjunto de Energia e Recursos Minerais de Alagoas - Vice-Presidente de Planejamento Energético do Fórum Nacional dos Secretários de Estado para Assuntos de Energia - FNSE - Representante da Região Nordeste no Conselho Consultivo da Empresa de Pesquisa Energética – EPE - Diretor Presidente da Gás de Alagoas S.A. – ALGÁS - Vice-Presidente do Conselho Estadual de Política Energética de Alagoas – CEPE - Presidente do Conselho Fiscal da ABEGÁS – Associação Brasileira das Empresas das Empresas Distribuidoras de Gás Natural – ABEGÁS - Professor nas disciplinas de Eletricidade e Eletrotécnica, no Centro de Tecnologia da Universidade Federal de Alagoas – UFAL - Membro do Conselho Estadual de Política Energética – CEPE LIVROS E TRABALHOS PUBLICADOS: - Protestos e Propostas (EDUFAL) - Energia: Um Mergulho na Crise (IGASA) - Política e Modelagem do Setor Elétrico (Imprensa Oficial GRACILIANO RAMOS) - Espírito Cidadão (EDUFAL) - Vários trabalhos sobre energia publicados nos anais de Seminários, Congressos Nacionais e Revista Internacional

ENERGIA NA TRANSIÇÃO

ENERGIA NA TRANSIÇÃO

  O setor elétrico atual não é mais aquele do GTD (Geração, Transmissão, Distribuição), totalmente concebido, planejado, regulado e tarifado pelo governo. Certamente que foi vitorioso para aquele cenário, mas sem sentido ficar fazendo comparações com o atual porque o sucesso do passado não garante o sucesso do futuro.  Quando…

Ler Mais

CONVOCAÇÃO DA ENERGIA

CONVOCAÇÃO DA ENERGIA

  A cada quatro anos temos uma copa e a energia nunca deixou de participar como uma das favoritas. Esta será no Brasil e se espera que o ente maior da nossa federação dê caminhamento ao trabalho que vem sendo feito pela comissão técnica. Deverá haver um maior entrosamento entre…

Ler Mais

OS NÓS DA ENERGIA

OS NÓS DA ENERGIA

  “O setor elétrico brasileiro foi feito por nós. Cabe a nós desatar esses nós”. (Geoberto Espírito Santo) O setor elétrico brasileiro passou por modelos estatal, neoliberal e atravessa um híbrido na direção da transição energética. Um nó não desatado do modelo estatal é o empréstimo compulsório (1964), criado quando…

Ler Mais

Resenha Energética

RESENHA ENERGÉTICA

“Energia é o que tensiona o arco; decisão é o que solta a flecha”. (Sun Tzu)                 O Ministério de Minas e Energia (MME) publicou recentemente a Resenha Energética Brasileira 2022 mostrando os dados consolidados da Matriz Energética Brasileira (MEB) em 2021, também…

Ler Mais

TRANSIÇÃO ENERGÉTICA JUSTA

TRANSIÇÃO ENERGÉTICA JUSTA

  O Banco Mundial mostra que a arrecadação de títulos soberanos verdes passou de US$ 41 bilhões, aproximadamente R$ 215 bilhões. Esses títulos são emitidos pelos países com o objetivo de arrecadar fundos para incentivar o uso de energia renovável ou para cumprir metas de redução de carbono na transição…

Ler Mais

INEFICIÊNCIA ELÉTRICA

INEFICIÊNCIA ELÉTRICA

“A máquina tecnologicamente mais eficiente que um homem jamais inventou é o livro.” (Northorp Frye) Atravessamos mais uma crise de energia elétrica que custou ao país cerca de R$ 100 bilhões, se considerarmos o que os consumidores pagaram na conta bandeiras e que ainda vão pagar do empréstimo bancário até…

Ler Mais

CHOQUE DE SUBSÍDIOS

CHOQUE DE SUBSÍDIOS

  A CDE (Conta de Desenvolvimento Energético) foi criada pela Lei nº 10.438/2002, a mesma que instituiu o PROINFA (Programa de Incentivos às Fontes Alternativas de Energia Elétrica) e de uns tempos para cá passou a ser vista com restrições porque vem aumentando consideravelmente todos os anos. O alerta geral…

Ler Mais

GEOPOLÍTICA DA ENERGIA

GEOPOLÍTICA DA ENERGIA

  “Em Economia, é fácil explicar o passado. Mais fácil ainda é predizer o futuro. Difícil é entender o presente.” (Joelmir Beting) Na Guerra Fria, quando os EUA e a antiga URSS disputavam o poder mundial, a corrida armamentista era o motor da economia do planeta. Com a queda do…

Ler Mais

BANDEIRAS E TARIFAS

BANDEIRAS E TARIFAS

  A comercialização de energia elétrica no Brasil é feita em dois ambientes: o Ambiente de Contratação Regulado (ACR) e o Ambiente de Contratação Livre (ACL). No ACR estão os consumidores cativos das distribuidoras, regidos por tarifas definidas pela ANEEL (Agência Nacional de Energia Elétrica). No ACL não existem tarifas,…

Ler Mais

SOBROU PRÁ NÓS

SOBROU PRÁ NÓS

    “O descontentamento é o primeiro passo na evolução de um homem ou de uma nação.” (Oscar Wilde) Felizmente conseguimos sair da crise hídrica sem enfrentar mais um racionamento de energia elétrica. Mas o custo foi alto, tendo ultrapassado à casa dos R$ 100 bilhões que vai sendo repassado…

Ler Mais

Ventos do Mar

VENTOS DO MAR

  Percebendo que é possível potencializar a produção de energia limpa em larga escala, o GWEC (Conselho Global de Energia Eólica) propôs à IRENA (Agência Internacional para as Energias Renováveis) uma meta de 308 GW de projetos até 2030 em todo o mundo. Muitos países estão revendo suas contribuições porque…

Ler Mais

CHOQUE NO BOLSO

CHOQUE NO BOLSO

  No Brasil, temos dois ambientes de contratação da energia elétrica: o ACR (Ambiente de Contratação Regulado) e o ACL (Ambiente de Contratação Livre). No ACR estão os consumidores das distribuidoras de energia, que pagam tarifas definidas pela ANEEL (Agência Nacional de Energia Elétrica). Não cabe aqui aquela velha discussão,…

Ler Mais

@revistaevidenciabrasil

[jr_instagram id="5"]