16 de maio de 2018

Inimigo do Esgoto

Quem visitar o Maceió Shopping a partir desta quinta-feira (17) terá a oportunidade de conhecer um pouco mais sobre como funciona e o que pode ser feito para evitar danos à rede coletora de esgoto da capital. É que a Companhia de Saneamento de Alagoas (Casal) terá um estande para divulgar atividades relacionadas ao tema “Inimigos do Esgoto – Esgoto não é lixo” até o próximo domingo (20), no horário normal de funcionamento do shopping.

A ação disponibilizará informações e orientações para adultos sobre a importância da rede coletora de esgoto na cidade, quais são os benefícios para a manutenção da saúde, para a qualidade de vida e para o meio ambiente. Já às crianças serão oferecidas atividades lúdicas para combater os principais inimigos do esgoto, que são materiais que não devem ser lançados nas redes coletoras.

Segundo a assessora de Marketing e Relações Institucionais da Casal, Rejane Mércia, boa parte do material que será distribuído apresenta esses inimigos. “Os mais comuns – e que não devem ser lançados na rede – são o óleo de cozinha, fios de cabelo, fio dental, restos de comida, absorvente, preservativo, garrafa pet, fraldas descartáveis, sacolas plásticas e óleo lubrificante. Boa parte desses materiais deve ser jogada no lixo e não na rede coletora de esgoto”, explicou a assessora.

Todos esses materiais, conforme alertou Rejane Mércia, podem entupir ou diminuir a vida útil das redes de esgoto. “Por isso, é preciso usá-las da forma correta”, acrescentou. Atualmente, cerca de 37% da cidade Maceió possuem rede coletora de esgoto e, de acordo com o presidente da Companhia, Clécio Falcão, a meta é chegar a 70% nos próximos dois anos.

94% do esgoto produzido no Maceió Shopping é tratado através de uma estação de tratamento exclusiva, na qual é possível reaproveitar a água para regar todo o jardim localizado na parte externa e para limpeza do estacionamento.

Desde a fundação, em 1989, o Maceió Shopping não despeja gorduras na tubulação de esgoto da rua. Isso é possível através de caixas de decantação espalhadas pelo terreno, que separam a gordura do líquido. Os resíduos retidos são retirados posteriormente por empresa especializada.

Fonte: Mídia nova Assessoria de Imprensa

Gigi Accioly

Holofote @gigiaccioly - Jornalista (MTB 1468AL), apresentadora de TV, programa Gente em Evidência, exibido pela TV Alagoas (SBT), colunista social do Jornal Primeira Edição (impresso/online), editora-chefe e colunista da Revista Evidência Cosmopolita (AL), Colunista da revista evidencia.com (EVDCIA), diretora de planejamento da Comunicação Hoje e da Tehron - Núcleo de Comunicação; publicitária, assessora de comunicação, cerimonialista e mestre de cerimônias. Diretora de divulgação da Soamar/AL. - Sociedade Amigos da Marinha; Diretora Regional em Alagoas da MBA - Mídia Brasil Associados. Colunista do extinto portal Ciro Batelli – Unique Style (SP e Las Vegas), associada da Febracos – Federação Brasileira de Colunistas Sociais.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *