25 de abril de 2020

Nem Todo Mundo é Quadrado!

E essa padronização me incomoda...

Sou professor e fujo um pouco da imagem de que todo professor foi bom aluno. Na verdade fui um aluno mediano pra ruim. Ficava em recuperação, era pelo menos uma suspensão por ano e, acredite se quiser, isso me tornou um bom professor. Existe uma expectativa de comportamento para os alunos. A escola tem uma estrutura hierárquica muito engessada e não há nada errado nisso. Mas pra mim – que fui um ponto fora da curva – soa como se existisse uma fôrma e que todo mundo tem que se adequar aquele formato.

E essa padronização me incomoda…

Isso não quer dizer que sou contra a organização ou disciplina. Muito pelo contrário, nesse sentido sou bem conservador. Mas quando chega a hora de falarem, dou total liberdade deles o fazerem da maneira que quiserem. Isso é transparente e acordado desde o primeiro dia de aula. Existem pessoas que naturalmente são mais combativas, céticas, inquietas, que tem uma “formiga na cadeira” e que gostam de “inventar moda” (usando expressões alagoanas).

E QUE BOM QUE ELAS SÃO ASSIM!
O mundo não é feito apenas de pessoas conformadas, tranquilas e que nunca fazem nada de errado. O mundo precisa dessas outras pessoas inquietas, que são um furacão onde passam. Se você é responsável por uma criança dessa, perde a paciência e se cansa com elas todos os dias pensando no que você vai fazer, se martirizando porque seu filho(a) não é como o primo, irmão, vizinho que é tão focado e comportado, o “orgulho da família”…

É porque Deus te escolheu pra ser guardião de um ser especial que é inconformado, lutador, teimoso, aguerrido e que consegue ser gentil de maneiras que você não espera. Se eu posso te dar um conselho, é: jogue fora as expectativas e aceite que seu presente é algo especial então esses padrões não servem pra ele. Falo por experiência própria. Talvez essa criança seja muito à frente de seu tempo e você não tenha percebido ainda.

Esse texto não se aplica aos “Reizinhos da Casa”. Esses precisam mesmo é aprender que o mundo não gira ao redor do umbigo deles…

Luis Antônio Santos

Conexão, Conhecimento e Ação Luis Antônio Santos é Educador, Terapeuta Holístico, Consultor Sistêmico e Palestrante. Professor de Edcuação Física, Practiticioner em Programação Neurolinguística(PNL), Constelador Estrutural, Pós Graduando em Psicomotricidade, Pós Graduando em Neuropsicopedagogia e Diretor de Ação Social da ABRATH - Associação Brasileira de Terapeutas Holísticos em Alagoas. Escreve artigos em jornal, sites, faz comentários em rádio mas sua maior paixão é exercer a função de Pai do João Carlos. Instagram: @terapeutaluisantonio Twitter: THLuisAntonio

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *