24 de julho de 2020

Leão Lobo, em entrevista exclusiva, fala sobre sua vida…

Leão Lobo Abre o Coração

 Leão Lobo em Entrevista Exclusiva Fala da sua Vida

   Leão Nicola Lobo, mais conhecido como, Leão Lobo é um dos maiores nomes da Tv Brasileira. O jornalista, radialista e apresentador de TV nasceu em São Paulo em 01 de março de 1954. Filho e irmão de jornalistas: Leão Nicola Lobo, não queria seguir os passos de seus familiares, mas ser ator teatral. Em 1973, fez sua estreia profissional no teatro com a peça O Jardim dos Amores, com: Cleide Yáconis, mas as dificuldades financeiras fizeram com que ele se lançasse a novos desafios. A história de Leão se confunde com a história da TV brasileira. Muitos sequer imaginam as batalhas que ele teve que enfrentar para se tornar um nome de visibilidade no Brasil. Trata-se de um dos maiores experts da mídia brasileira. Leão ama a família e os amigos e o seu xodó é a sua netinha: Laura, filha de Ana Beatriz

@carolinamartinsfotografia

 

coluansantape.blogspot.com

Carreira profissional 

     Em 1974, surgiu a oportunidade de atuar como repórter no Jornal do Bairro, de São Paulo. A partir daí, apaixonou-se pela profissão de jornalista e foi trabalhar em veículos como o “Jornal da Tarde e a Folha da Tarde“. Em 1984, surgiu o primeiro convite para participar de programas de televisão.

A estreia definitiva na TV veio com o programa: Mulheres, na TV Gazeta, em 1990, no qual permaneceu por várias fases até 2001. Em 1991 foi convidado pelo SBT para ter um quadro de fofocas no Aqui Agora. Saiu do telejornal em 1996. No período dos anos de 2000 e 2001, Leão, junto com a apresentadora Claudia Pacheco, apresentou o programa Arroz, Feijão e Fofoca, na Gazeta, onde, como sempre, contava a vida das celebridades. Neste mesmo período foi cogitado para assumir o TV Fama, na RedeTV, porém as negociações não avançaram, o que ele atribui a uma “puxada de tapete”.

Entre 2001 e 2003, já na Band, apresentou o programa Melhor da Tarde junto a Astrid Fontenelle e a irmã do saudoso apresentador: Gugu Liberato, a numeróloga, Aparecida Liberato. De 2004 a 2007, Leão teve um programa solo na emissora, o De Olho nas Estrelas, que repercutia as novidades da televisão em geral e fofocas das celebridades.

Carreira  ProfissionalEntre 2007 e 2008 comandou seu último trabalho na Band, o Atualíssima, isso porque a emissora, àquela altura, já sinalizava que não renovaria seu contrato devido à reformulação da programação. Em 2009, transferiu-se para a CNT onde apresentou o Notícias e Mais, com Celso Russomano, Adriana de Castro e Rony Curvelo. Em 2014, retornou à TV Gazeta, onde integrou o elenco do programa: Revista da Cidade, no qual fazia a cobertura das notícias das celebridades ao lado da apresentadora Regiane Tápias.

Portanto, é sabido que Leão Lobo ficou na emissora por cerca de dois anos, até romper o contrato e ir em definitivo para o SBT. Em 2016, passou a apresentar um novo programa ao lado de Mara MaravilhaMamma Bruschetta e Décio Piccinini, o programa: “Fofocalizando“, que estreou no dia 1 de agosto de 2016. O jornalista foi forçado a rescindir o contrato que tinha com a TV Gazeta, tendo que pagar a multa contratual.

Sabe-se que, Leão Lobo também é, desde 2014, jurado do quadro Dez ou Mil, do Programa do Ratinho, também do SBT. Leão Lobo já teve quadros de fofocas em vários programas da televisão como: Show de Calouros no SBT, Note e Anote com Ana Maria Braga na Record, Dia Dia Jogo da Vida na BandTambém foi repórter do Domingo Legal com o Gugu, no SBT.

Portanto,  na mídia Leão Lobo é conhecido também pelo bordão: “Dignidade Já“. Estrelou diversas peças de teatro, como“aconteceu com: Shirley Taylor”, “O Mambembe” e “Uma Comédia do Além“. Abaixo: Leão e o ator: Luiz Henrique, mais conhecido como: Mama Bruschetta:

Marcos Ribas Leão Lobo Abre o Coração

Leão Lobo Abre o Coração

Imagem:areavip.com.br

(Foto: Reprodução/Instagram) Leão Lobo Abre o Coração
(Foto: fuxico.com.br)Leão Lobo Abre o Coração

 Entrevista exclusiva:

Como foi a sua infância?

Leão Lobo – Sobre minha infância, foi tranquila no bairro: Vila Mariana, tirando o fato de eu saber que era “gay” com muita clareza e o medo de meus pais descobrirem e sofrerem. 

Você têm irmãos? 

Leão Lobo – Tenho dois irmãos mais velhos, que hoje são psicólogos: Elza Maria Lobo e Reinaldo Lobo. Ele é filósofo e foi jornalista por anos. Sempre no “Jornal da Tarde“, do Grupo Estado, onde eu também trabalhei por 13 anos. 

O que o motivou a trabalhar com reportagens sobre famosos?

 Leão Lobo – Sempre amei ser ator, mas para a minha família não era uma profissão. Como sou de uma família de jornalistas, pai e irmão, a primeira oportunidade de trabalho foi em um jornal (Jornal do Bairro), um jornal bem político na época da Ditadura. E aí me apaixonei também por esta profissão, mas na área de variedades, e não na política, exercida pelos meus parentes.
Como é para você lidar com as críticas?
 Leão Lobo – As críticas são importantes, e nos fazem crescer profissionalmente. Acrescenta, a críticas sérias.
Como tem sido para você lidar com a Pandemia?
Leão Lobo – Difícil lidar com esta pandemia para mim como imagino ser pra todos. O importante e não perdermos a esperança. Tenho me prevenido com o isolamento, máscaras e seguindo todos os protocolos de higiene.
 Quais os seus planos para o futuro?

Leão Lobo – Meus planos são voltar com meus trabalhos que estavam em momento muito feliz, quando tudo parou.

 O que você pensa da evolução das redes sociais e das lives?
 Leão Lobo – Acho que as redes sociais foram muito úteis neste tempo de isolamento e continuarão sendo. Já as lives, foram uma resposta aqueles produtores “gênios “da TV que diziam que musical derruba a audiência. A TV deverá ser outra a partir das lives.
 O que você acha que muda na TV no Pós Pandemia?

Leão Lobo – Espero que muita coisa se modifique na TV depois desta pandemia, mas pelo normal para e para melhor. Que a internet possa ser mais incluída como ferramenta e não como fim, como objetivo.

Quais as suas inspirações?

 Leão Lobo – Minhas inspirações, sempre, foram, como colunista e crítico, a dona Helena Silveira, da Folha de São Paulo; os atores: Fernanda Montenegro, Lima Duarte, Cleide Yaconis e outros, como apresentadora, a minha saudosa: Hebe Camargo e Bibi Ferreira.
 Como foi construir uma relação de confiança com os artistas?

Leão Lobo – Minha relação com os artistas sempre foi tranquila, talvez por eu ser ator, tenho uma visão próxima a deles

 O que você pensa em realizar ainda?

Leão Lobo – Tenho dois sonhos ainda: ter um Teatro para fazer espetáculos com meus amigos queridos e ter um programa com auditório.

O que você pensa sobre o racismo?

 Leão Lobo – Qualquer tipo de discriminação é odioso. Seja aos pretos ou a todos no geral.
 O que você pensa sobre a intolerância contra o segmento LGBTI+?

Leão Lobo – LGBTI+ e a todos. Mas esse ódio, o preconceito vem da falta de empatia, do obscurantismo e da ignorância. E isto precisa ser combatido por meio da educação.

Quando surgiu o seu bordão: Dignidade já? 

Leão Lobo – Em 1984, quando estreei minha coluna na “Folha da Tarde”, na época das “Diretas Já“! Tive essa ideia. Pensei: assim que voltarmos a votar e tivermos um Presidente, o que nos faltará? DIGNIDADE (comida na mesa dos brasileiros, saúde, educação, …)

Finalizando

    Ter tido estes momentos fez de mim um profissional, e, sobretudo um ser humano ainda melhor. Leão Lobo é um ser humano sensacional e de uma humildade sem igual. Gratidão pela entrevista concedida.

Instagram@joaocostaooficial

 

Fonte de Divulgação: Blog: O Profundo Mundo das Relações Sociais

 

João Costa

Persona @joaolucianocostaoficial Jornalista (MTB 0087452/SP), Jornalista Membro da API (Associação Paulista de Imprensa), Membro da Febracos (Federação Brasileira de Colunistas Sociais), Membro da Apacos ( Associação Paulista de Colunistas Sociais), Colunista, Blogueiro e Comunicador. Desenvolve há anos um trabalho com o propósito humanitário por meio do que cunha chamar de: "Filosofia da Evolução das Relações Humanas”. Atualmente é Assessor do Observatório da Comunicação Institucional (O.C.I); Redator responsável e Colunista do Portal FaceTV Brasil; Colunista do jornal “Em Destaque”, do Estado do Rio de janeiro, Colunista do Portal NaMídia. Foi Colunista da Revista Empresarial. Revista com circulação em Minas Gerais e Colunista da "Rede de Escritores de Língua Espanhola". Prêmio Ibero – Americano de Jornalismo dos anos de 2019/20, e Menção honrosa do Lions Clube Rio do Janeiro.

Um Comentário em “Leão Lobo, em entrevista exclusiva, fala sobre sua vida…

Elaine Nascimento Raulino
27 de julho de 2020 em 00:02

A linguagem é uma forma de expressão e tradução de pensamentos e sentimentos, de instrumento de comunicação, sobretudo interação social.
Essas características da linguagem que nos tornam humanos.
Humanos que nos relacionamos através da Comunicação para o desenvolvimento pessoal e profissional.
E você como profissional da área da Comunicação está cumprindo o seu papel e propósito nesta sociedade.
Parabéns pela reportagem e entrevista com essa autoridade do jornalismo brasileiro.
Desejo sucesso na sua jornada!
Grata!
Elaine Raulino
@elaineraulino_coach

Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *