4 de julho de 2020

Somos Todos Escravos da Casualidade!

Um psicólogo canadense chamado Jordan Petterson diz que antes de querer mudar o mundo devemos primeiro arrumar nossa cama

Somos Todos Escravos da Casualidade!

Conversando com uma professora, ela me relatou uma conversa hilária que foi a seguinte:

Somos Todos Escravos da Casualidade!Um certo dia, na aula de uma turma de alfabetização, após o intervalo, ela resolveu revisar o conteúdo de antes da parada. Ao fazer as perguntas percebeu que a assimilação do conteúdo tinha sido baixa. Nesse momento, uma aluna pediu a palavra e começou um discurso sobre o quanto a professora era dedicada, que ensinava com amor, trazia toda uma gama de recursos e materiais para que eles pudessem aprender e ninguém tinha prestado atenção na aula.

A professora agradeceu as palavras e lhe fez uma pergunta igualmente simples. Foi quando ela olhou nos olhos da professora e respondeu: “ Oxe, e eu sei?” e baixou a cabeça.

Existe um fenômeno novo muito interessante em nossa sociedade, uma geração chamada de “Nem Nem”.
Isso seria a abreviação da expressão nem estuda e nem trabalha. Ao mesmo tempo vemos que o engajamento político e social em nosso país nunca foi tão grande ou tão ativo como agora.

Um psicólogo canadense chamado Jordan Petterson diz que antes de querer mudar o mundo devemos primeiro arrumar nossa cama. Com essa citação ele vai de frente com a geração que quer mudar o mundo, mas nunca teve responsabilidades de adulto. Que não tem que lidar com as consequências de suas atitudes. Quero salientar aqui que pessoas responsáveis e boas, também falham. É parte da vida.

Toda ação causa uma reação, seja ela proporcional ou não, e isso não é uma opção. Tomar uma decisão e não esperar as consequências dela é de uma ingenuidade só aceitável em crianças ou em inimputáveis. Transferir sua responsabilidade para terceiros ou seres abstratos é uma opção reconfortante, pois você nada poderia fazer para que o resultado fosse diferente: “já estava escrito…”

É a velha história de que o dono da “culpa” a põe onde lhe for mais conveniente…

Então lute pelas causas que achar corretas, tome o rumo que julgar melhor para sua vida, mas antes não esqueça de arrumar a cama.

Luis Antônio Santos

Conexão, Conhecimento e Ação Luis Antônio Santos é Educador, Terapeuta Holístico, Consultor Sistêmico e Palestrante. Professor de Edcuação Física, Practiticioner em Programação Neurolinguística(PNL), Constelador Estrutural, Pós Graduando em Psicomotricidade, Pós Graduando em Neuropsicopedagogia e Diretor de Ação Social da ABRATH - Associação Brasileira de Terapeutas Holísticos em Alagoas. Escreve artigos em jornal, sites, faz comentários em rádio mas sua maior paixão é exercer a função de Pai do João Carlos. Instagram: @terapeutaluisantonio Twitter: THLuisAntonio

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *