8 de outubro de 2020

Cesar Romão Faz uma análise do momento atual

Uma análise do momento atual com exclusividade

Uma análise do momento atual com exclusividade

Foto: Cesar Romão

   Cesar Romão é Professor, Jornalista, Palestrante, Escritor, Advogado, com Mestrado em Psicologia Organizacional em Administração, com MBA em Marketing e cursos de extensão pelas universidades da “Califórnia, Berkeley e Richmond”.

 

  O Escritor já lançou no Brasil obras como ” A semente de Deus, Tente outra vez, Seu futuro depende de você, Razão da vida dentre outras”. No exterior ele têm obras lançadas em “Portugal, Espanha, Itália, Suíça, Áustria e Alemanha”.

 

  Com base nas incertezas, desumanidade, isolamento social e tantos outros assuntos que entrevistei o Professor Cesar Romão. Romão falou sobre a Covid-19 e seus dilemas, fez reflexões a respeito da atualidade, discorreu sobre a importância da Fé e da humildade.

Momento atual 

    No início de sua exposição, Cesar Romão ressaltou que “este momento deixou um rastro de destruição na economia mundial, o que irá exigir muitos anos de exponencial desempenho para resgatar o ponto onde paramos. Assim como expôs de maneira abrupta a incompetência de governos, principalmente na área da saúde pública”.

 

 

    Para o Professor, o fato de as pessoas terem ficado confinadas, fez com que elas desenvolvessem doenças silenciosas que irão levar muito tempo para serem amenizadas e em alguns casos muitas não possuem chance de cura.

 

 

   De acordo com Romão, a consciência que era a grande esperança para melhorar as pessoas em meio a pandemia, também saiu pela culatra, basta olhar as praias do Brasil cheias aos finais de semana, e como a eleição se aproxima: a aglomeração está aumentando, mas os índices da Covid-19 estão diminuindo e a eleição cura mais que qualquer vacina.

 

  Segundo Romão, levará um bom tempo para a realidade do bastidor da Covid 19 ser desvendada. Até lá teremos de aceitar contrariados, mas pacíficos tudo que está ocorrendo.

 

 

Evolução em meio a pandemia 

 

 

  Com relação a reflexão, Romão avalia que: “quem era bom ficou melhor, quem era ruim ficou pior. A pandemia apenas expandiu o que as pessoas são na realidade”.

 

 

  De acordo com Romão, poucas pessoas souberam evoluir nesta fase, muito poucas, apenas aquelas com consciência de solidariedade, civilidade e espiritualidade.

 

 

Da imprensa 

 

     Para Romão, “a imprensa tem feito seu papel de forma brilhante, assim como todos os profissionais de saúde e alguns heróis que conduzem gêneros de primeira necessidade. Uma Imprensa Livre é o caminho para um país sem sombras ou mentiras”, afirmou.

 

 

Como repensar tudo de maneira mais humanitária? 

 

 

    Na avaliação do Professor, é desenvolvendo a solidariedade e a compaixão, apenas isto. Mas estamos longe de movimentos que transformem um grande número de pessoas, o “próximo” está bem distante de muitos corações.

 

 

Conselhos no momento atual

 

 

    Romão diz “que tivemos muitas lições nesta fase, usem estas lições em suas vidas e não seja apenas massa de manobra, sejam protagonistas de seu futuro”.

 

 

Importância da Fé neste momento 

 

 

   Romão ressaltou que a Fé é o elemento que nos dá força onde ela já não mais existe, muitas pessoas venceram por ajuda médica e por sua Fé, exercitem sempre que possível este Poder que está em nossa alma.

 

 

    Tem havido a formação de muitos coachings, o que o senhor aconselha para um coach que possui o desejo de transformar vidas? 

 

 

    Romão afirma “Seja ético em suas atividades e transforme a sua própria vida primeiro”.

 

 

Humildade 

 

 

    Professor explica que a palavra vem do “Húmus”, aquele que fertiliza a terra. “Ser humilde é isto, fertilizar sua própria existência e daqueles que habitam seu espaço de vida. Deixe o mundo melhor e estará sendo humilde”.

 

 

Sugestão de leitura 

 

 

    O Professor indica o seu Best Seller que conquistou mais de 50 países: “A SEMENTE DE DEUS”.

 

 

Finalizando

 

    Na minha concepção, falar com precisão sobre temas tão caros em momentos tão imprecisos é fundamental, bem como levar a todos uma reflexão e um direcionamento é de máxima utilidade pública em um jornalismo de verdade. Desta feita fica aqui a minha gratidão a Cesar Romão por dividir conosco um pouco de seus preciosos ensinamentos.

 

 

Instagram: @joaocostaooficial

 

 

 

Não deixe de ler:  O Boticário promove bate-papo com Astrid Fontenelle sobre os dilemas dos fios brancos

 

João Costa

Jornalista (MTB 87452/SP) e articulista do Instituto Palavra Aberta, jornalista e articulista do Observatório da Comunicação Institucional (O.C.I), Membro da API (Associação Paulista de Imprensa), Prêmio Ibero – Americano de Jornalismo de 2019/20, Prêmio Direitos Humanos por reportagem feita para o Instituto Dana Salomão e Menção honrosa do Lions Clube Rio do janeiro. Colunista, Blogueiro e Comunicador. Desenvolve há anos um trabalho com o propósito humanitário por meio do que cunha chamar de: "Filosofia da Evolução das Relações Humanas”. Redator responsável e Colunista do portal FaceTV Brasil; Colunista do portal da Bahia Jack Comunica, Colunista do portal Lithoral News - Santa Catarina, Colunista do jornais “Em Destaque e Gazeta”, do Estado do Rio de janeiro, colunista do portal Brasiltocantins. Foi colunista da "Rede de Escritores de Língua Castelhana", e colunista do Diário de notícias Vila Nova Familicao em Braga - Portugal. Possui sólidos conhecimentos na edição de textos, é ativista pelos direitos humanos, pela proteção dos animais e no combate à desigualdade social. Participação ativa em workshops, webinars, congressos e conferências.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *