9 de janeiro de 2021

A Justa Medida

As nuances entre ser positivo ou negativo no decorrer da vida

A Justa Medida

Como está a sua polaridade de agora? Está colecionando erros ou acertos seus e das pessoas ao seu redor? Não quero tratar desse assunto levianamente dizendo para que você seja mais positivo e menos negativo. Tudo tem seu valor. Há coisas boas na negatividade e coisas ruins na positividade. Imaginamos a vida com um processo linear, onde a seta no gráfico só sobe em direção ao infinito, mas quem viveu mais de 20 anos sabe que não é exatamente assim… Eu mesmo quando adolescente achava que ao 30 estaria milionário, com a vida feita esperando apenas aposentadoria chegar…

Quanta ingenuidade minha. Mal sabia eu que aos 30 e poucos eu ainda estaria começando a vida e que meus objetivos iriam mudar tanto quanto mudaram. E agora, devo me julgar um fracasso ou sucesso? Bom ou mau? Fui apresentado há algum tempo a um conceito jurídico chamado proporcionalidade. Ela é o conceito que a justiça usa para não aplicar a mesma pena de um homicídio à pessoa que estaciona em local proibido. Ambas passíveis de punição, mas condenar uma pessoa que cometeu um erro pequeno a uma pena exagerada, não é proporcional. 

Não estou com isso deslegitimando o conceito das “janelas quebradas”, utilizado na segurança pública, apenas refletindo sobre o conceito da proporcionalidade…

Descobri que algumas das pessoas que admiro traçaram um caminho sinuoso até conseguir desenvolver seu potencial máximo. Ghandi estudou direito na Inglaterra, mas fracassou como advogado; Senna tinha um péssimo desempenho em corridas na chuva quando começou a pilotar. Se eu fosse julgar minha capacidade de ser professor pela primeira aula que dei, jamais teriam deixado eu entrar em sala de aula novamente….

Errar também faz parte da caminhada. Quem sabe esse erro ou momento difícil não seja a melhor coisa que pode acontecer com você? Neste momento estou tentando desligar o contador de erros da minha mente. Mas mudar esse paradigma não está sendo uma tarefa simples. Então decidi ligar o contador de acertos e equilibrar a balança… Criei um departamento da proporcionalidade interior para guiar meus sentimentos.

E o veredito em minha mente saiu de culpado para inocente até que se prove o contrário.

Luis Antônio Santos

Conexão, Conhecimento e Ação Luis Antônio Santos é Educador, Terapeuta Holístico CRTH 4088, Life Professional Coach, Consultor Sistêmico e Palestrante. Professor de Edcuação Física, Practiticioner em Programação Neurolinguística(PNL), Constelador Estrutural, Pós Graduando em Psicomotricidade, Pós Graduando em Neuropsicopedagogia e Diretor de Ação Social da ABRATH - Associação Brasileira de Terapeutas Holísticos em Alagoas. Escreve artigos em jornal, sites, faz comentários em rádio mas sua maior paixão é exercer a função de Pai do João Carlos. Instagram: @luisantoniostoss @brinkandoterapia Twitter: @luisantoniostos Linkedin: Luis Antonio Santos

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *