19 de julho de 2021

O que fazer com um Diploma?

 

DivulgaçãoO que fazer com um Diploma?

Carol Simas

O que fazer com um Diploma?
Por Ana Simas*

No mercado de trabalho, uma legião de frustrados. Eles investiram tempo e dinheiro em cursos, porém o diploma não lhes garante nada. Muitos se sucumbem a situações humilhantes e degradantes para ter o tal papel em mãos. E depois?

A mão treme, a boca seca. Nervosismo e pânico tomam conta. Simultaneamente, é um momento de muita emoção, muita expectativa.  Noites sem dormir, indo trabalhar, depois de ter ido dormir muito pouco. É uma emoção muito grande. Para que?

Esse roteiro acaba com “final feliz”: receber o diploma e entrar no mercado de trabalho. Entrar no mercado de trabalho?

Colegas, famílias orgulhosas… Vou mostrar, postar que passei. Eu venci. O que?

Mas aí, a luz cai. O auditório fica escuro por falta de energia. A partir de amanhã tem que pensar em trabalhar. Porque está muito complicado o mercado aí fora, não é mesmo? Um milhão de pessoas tem o mesmo diploma que você. Igual ou semelhante, e certamente com muito mais experiência. Valeu o investimento?

Fazer pose, vestir figurino, sair bem na foto. Agora, é a realidade. Todos têm a expectativa de conseguir “para ontem” um aluno que seja fixo, e que pague. Mas um estudo feito com profissionais recém-formados em Yoga, por exemplo, indica que isso pode não ser tão fácil assim. E todos sabem que não é.

Tem que ter mais que o diploma. Você escolheu a área de sua competência? Você pesquisou o mercado de trabalho? Ou apenas nadou, nadou a todo custo passando por cima da ética, de todos, dos valores morais, e de sua própria dignidade, insatisfação em provar algo para alguém, para morrer na praia? Pagou caro. Investiu seu tempo. Emoções… Mostrou-se equilibrado para a função, na hora da aula. Vez ou outra tomou um remédio para conseguir dormir, e administrar seu pânico diante do dia seguinte… Riscou a cada dia sua folhinha do calendário.

Isso é Yoga? Repito, isso é Yoga?

[Pausa para reflexão].

Aprimore-se naquilo em que realmente é bom e procure fazer algum trabalho, desenvolver, às vezes, até mesmo trabalhos voluntários, para colocar na prática aquilo que você supostamente aprendeu.

E boa sorte.

*Pedagoga, Pós-graduada em Psicopedagogia 
20 anos de experiência em Educação
Professora de Yoga com Certificação Internacional

Gigi Accioly

Holofote @gigiaccioly - Jornalista (MTB 1468AL), colunista social do Jornal Primeira Edição (impresso/online), editora-chefe e colunista da Revista Evidência Cosmopolita (AL), Colunista da revista evidencia.com (EVDCIA on line); ex-apresentadora de TV, "Programa Gente em Evidência" exibido pela TV EVDCIA, TV Alagoas (SBT) e TV Mar; publicitária. Membro da ALANE/AL - Academia de Letras e Artes do Nordeste Brasileiro (Núcleo Alagoas); Comendadora (Comenda Professor Doutor Sebastião Palmeira (instituída pela Academia Maceioense de Letras). Diretora de planejamento da Tehron - Núcleo de Comunicação; assessora de imprensa e marketing, cerimonialista e mestre de cerimônias. Diretora de comunicação social da Soamar/AL. - Sociedade Amigos da Marinha de Alagoas; Diretora Regional em Alagoas da MBA - Mídia Brasil Associados; associada à FEBRACOS – Federação Brasileira de Colunistas Sociais. Colunista do extinto portal Ciro Batelli – Unique Style (SP e Las Vegas).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *