26 / 04 / 22

Hipertensão arterial afeta 1 em cada 4 brasileiros

 

Hipertensão arterial afeta 1 em cada 4 brasileiros

De acordo com dados do Ministério da Saúde, mais de 38 milhões de brasileiros sofrem com essa doença e 50% dos hipertensos não sabem que tem a doença. O grande perigo é que, em 99,9% dos casos,  ela não apresenta sintomas, por isso, a necessidade de se falar sobre isso! Nesta terça-feira, dia 26 de abril, é o Dia Nacional da Prevenção e Combate à Hipertensão Arterial.

A hipertensão arterial, conhecida popularmente como pressão alta, ocorre quando o sangue bombeado pelo coração para irrigar os órgãos ou movimentar-se, exerce uma força contra a parede das artérias. Ela não escolhe idade e nem sexo, mas estilo de vida que sobrecarregam o corpo com maus hábitos e alimentação desregrada para mais ou para menos. Isso significa que de crianças a idosos, homens ou mulheres todos podem ter hipertensão.

A coordenadora do curso de Farmácia da Estácio em Maceió, Tamires Nascimento, destaca que vários fatores podem contribuir para o surgimento do problema, entre eles fatores genéticos e ambientais, mas também há  diversas maneiras de preveni-la. “Alimentação saudável, com pouco sal, prática de exercícios físicos, não fumar e não ingerir bebida alcoólica e uma boa noite de sono…  tudo isso contribui para prevenir a pressão arterial”.

A farmacêutica alerta que o uso indiscriminado de alguns medicamentos, como anti-inflamatórios não hormonais, pílula anticoncepcional e os sprays nasais também podem levar ao desenvolvimento da hipertensão.  “A pandemia também contribuiu para aumentar o número de casos devido ao sedentarismo e o não acompanhamento médico dos pacientes”, avalia.

Para o diagnóstico, é importante fazer um acompanhamento durante alguns meses.

O que é Hipertensão?

A hipertensão produz lesões em órgão-alvo e é uma das principais causas de mortalidade na atualidade. Diminuir a pressão arterial reduz a incidência de doenças cardiovasculares e a mortalidade, constituindo um importante aspecto da redução do risco. Apesar da disponibilidade de tratamentos anti-hipertensivos, menos de 50% dos pacientes com hipertensão recebem tratamento e aproximadamente 70% não estão em suas metas de pressão arterial recomendadas. Existem múltiplas razões para as baixas taxas de controle da pressão arterial; entretanto, a adesão do paciente ao tratamento anti-hipertensivo constitui um importante fator.

Como prevenir e controlar a pressão alta?

01 – Meça a pressão pelo menos uma vez por ano;

02 – Pratique atividades físicas todos os dias;

03 – Mantenha o peso ideal. evite a obesidade;

04 – Adote alimentação saudável: pouco sal, sem frituras e mais frutas, verduras e legumes;

05 – Reduza o consumo de álcool. se possível não beba;

06 – Abandone o cigarro;

07 – Nunca pare o tratamento. É para a vida toda;

08 – Siga as orientações de seu médico ou profissional da saúde;

09 – Evite o estresse. tenha tempo para a família, os amigos e o lazer.

Hipertensão arterial afeta 1 em cada 4 brasileiros
fonte: Mídia Nova Assessoria de Imprensa

Gigi Accioly

Holofote @gigiaccioly - Jornalista (MTB 1468AL), colunista social do Jornal Primeira Edição (impresso/online), editora-chefe e colunista da Revista Evidência Cosmopolita (AL), Colunista da revista evidencia.com (EVDCIA on line); ex-apresentadora de TV, "Programa Gente em Evidência" exibido pela TV EVDCIA, TV Alagoas (SBT) e TV Mar; publicitária. Membro da ALANE/AL - Academia de Letras e Artes do Nordeste Brasileiro (Núcleo Alagoas); Comendadora (Comenda Professor Doutor Sebastião Palmeira (instituída pela Academia Maceioense de Letras). Diretora de planejamento da Tehron - Núcleo de Comunicação; assessora de imprensa e marketing, cerimonialista e mestre de cerimônias. Diretora de comunicação social da Soamar/AL. - Sociedade Amigos da Marinha de Alagoas; Diretora Regional em Alagoas da MBA - Mídia Brasil Associados; associada à FEBRACOS – Federação Brasileira de Colunistas Sociais. Colunista do extinto portal Ciro Batelli – Unique Style (SP e Las Vegas).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *